Não me aperte, não me deseje: Me deixe desiludir



Seremos sempre seres incompletos, e não uma parte de um quebra-cabeça fixo e imutável, esperando o encaixe perfeito.

O amor é uma construção, em uma relação.
Mude quando achar necessário para continuar convivendo com o outro, mas não espere mais do que você pode dar.
Ninguém completa ninguém.

Comentários

Caique disse…
Discordo, chega uma certa hora em que a pessoa não precisa de mais nada além da outra, é como se satisfizesse todas seus desejos e vontades. Falo isso por experiência própria..