Anseios



Ela esperava o metrô chegar na estação,
Com aquele All-Star surrado, todo rabiscado.
Um dos pés apoiados na parede, um dos fones de ouvido balançando conforme o vento.
Naqueles tênis duas palavras se destacavam: Liberdade e Amor.
Naqueles fones de ouvido, tocavam só músicas que influenciavam reflexões, que demonstravam direções a tomar.
E era pra isso que ela estava ali, pois estava cansada de ver coisas que ninguém mais via,
Estava cansada de levantar o tapete e ver toda sujeira escondida lá.
Não sabia para onde iria,
E se havia mesmo um lugar para ir.
Talvez ainda houvesse algum lugar na Terra onde o que importasse,
Fosse a Verdade.