Anjo da Morte: Intervenção

Richard então parou para escutar Gabriel, entusiasmado com o que ele tinha para dizer. 

 - Amigo, vim à pedido da sua filha, Janie, pois ela está preocupada com uma coisa.

O chão daquele lugar parecido inteiramente uma grande capa verde, uma planície que dava, vagarosamente, lugar à areia de uma praia não muito longe. O clima ficava cada vez mais agradável, as preocupações da vida urbana desapareciam de suas mentes.

 - Mas como ? - Disse Richard confuso.

 - Ela reza, Richard. Ela espera uma coisa de você. Ela espera que você participe mais da vida dela, que a leve pra escola e que você fique mais com Louis também. Você chegou aonde todos um dia chegam meu rapaz, no cruzamento das estradas, deparando-se com as portas da vida, onde você faz uma escolha para sua vida toda, sem saber o que lhe espera. Talvez a morte te espere para ceifar sua pobre vida, talvez a alegria bata na sua porta e você simplesmente nao abra. Você agora tem a escolha. Primeiramente, você pode continuar caminhando ao meu lado, aceitar que sua família precisa de você, largar aquele seu emprego e trabalhar em algo que não tome todo seu tempo e sua paciência. O seu outro caminho é não aceitar o que te digo e então você acordará hoje novamente em sua cama, pronto para mais um dia de serviço. Em qualquer uma das escolhas você nunca mais me verá. Pense sabiamente, Richard.



Comentários

Isie Fernandes disse…
Curiosa por saber quem é Rafael... ><

Eu já sei o que escolheria se estivesse no lugar dele. =)