Postagens

06:57 na Manhã

De susto, acordou.
Olhou, ao redor, e só conseguia ver pequenos detalhes em meio a penumbra.
Se tivesse um espelho mirando seu rosto saberia
Que seu rosto duplicava espanto, agonia,
E decepção.

No sonho não era ele, mas ela
Habitava outro corpo, outros olhos, outras formas
Lembrou que, num primeiro momento, tocava as próprias mãos e sentia o macio
De uma pele que ardia
Em desalento, no frio.

Ela estava em pé, em frente ao mar, e o sol nascia
Ele havia sentado na cama, ainda tentando acostumar os olhos a escuridão
A água gelada molhava os pés dela, ela fechava os olhos e sentia
Ele colocou os pés no chão frio e teve a mesma sensação
O sol brilhava e esquentava o rosto dela, e após muito tempo, ela sorria
E ele também, ao sentir essa conexão.

Uma voz a chamou,
Ele acordou,
Seria a própria voz?

Passou-se um dia inteiro num sono de poucas horas
Não sabia se naquele outro mundo, que era o sonho,
O tempo passava rápido demais,
Ou se naquele outro universo, que era ela,
As coisas passavam …

Rosemary

Estrelas no Ano Novo

Aquilo que se Entrelaça

O Universo de uma Pessoa só

Carta #26

Contos de Rodoviária: Maria

Traduzindo um Dicionário

42 Cílios

Vishuddha

Anahata

A Alma que almejava o gotejar do Sangue

A Monologia Singular do Peixe Julia

A Misteriosa Garota da Segunda-Feira

Guru de Mim, Eu Sou

Laços Nasceram para serem Cortados

Tempestade

Sophia em Alto Mar

Equilibrando-se

Nostalgia de um Futuro Impossível